quarta-feira, 6 de julho de 2011

Carburador X Injeção Tema da enquete



CARBURADOR X INJEÇÃO

Esse sem dúvida entre os jeepeiros é um dos assuntos mais polêmicos devido a divergência de opiniões, particularmente acredito nunca chegarmos ao consenso.

A injeção é muito apreciada pela sua precisão e economia de combustível, pois conta com diversos sensores que leem a todo tempo a mistura, a queima, a temperatura, etc, mandando estas informações ao módulo de injeção (central) que por sua vez vai disponibilizar para a câmara de combustão somente o necessário para a queima naquela determinada situação, seja ela qual for, com motor frio, quente, em baixa, alta, em exigência de força, ou condição amena de uso, evitando assim desperdício de combustível, falhas, como "engasgos", o famoso afogamento, oferecendo respostas rápidas e precisas por ser controlada eletronicamente. Não pretendo aqui entrar nos detalhes dos componentes da injeção, nem nos tipos diferente, monoponto e multiponto, é outro assunto. Sem dúvida para automóveis de passeio é a melhor opção.
Na minha opinião, os pontos contra, no caso dos jeeps, seria as severas condições de uso, como lama e água excessivas, como a manutenção da injeção é muito delicada e cara, bem cara comparada ao carburador, EU acho complicado o uso deste equipamento em trilhas, seus componentes eletrônicos são muito sensíveis a água, pois somente um respingo de água pode colocar toda a diversão a perder, sem contar o prejuízo, se pifar não tem choro, leva num especialista e se prepara pra substituir a peça danificada, também devemos levar em consideração que com injeção eletrônica não podemos ficar sem bateria!

No caso do carburador, a única desvantagem que vejo é não possuir a elasticidade da injeção, não temos muito o que falar, velho conhecido dos mais antigos, que funciona mecanicamente, ele tem uma "regulagem única", não muda sua configuração conforme a situação, o que em determinadas situações pode não ter um desempenho tão bom quanto em outras, normalmente percebemos isto com o carro frio, ele falha bastante, mas depois que aquece vai embora, também podendo haver desperdício de combustível em determinadas situações de uso, claro que é uma tecnologia ultrapassada, mas bem acertado é eficiente.
O que vejo de bom nos carburadores, é que sua manutenção é bastante simples e barata, e com pequeno conhecimento da pra nos tirar de uma enrascada, por exemplo numa trilha seu desempenho em alta não está a contento, na maioria dos casos com uma pequena regulagem da pra melhorar o desempenho, outra vantagem é não possuir componentes eletrônicos, num caso de alagamento numa trilha, por ser menos sensível a estas situações, puxa a viatura pra fora, da uma secada e a diversão continua, os prejuízos são mais amenos.

Como falei, não vai existir consenso, as opiniões irão se divergir, mas claro que cada um vai segundo suas convicções, ciente dos prós e contras de cada situação!!!!

By Mairo Garcia

Nenhum comentário:

Postar um comentário